Descrição da Organização

O Centro Barbacenense de Assistência Médica e Social, também denominado CEBAMS é uma entidade filantrópica sem fins lucrativos que presta serviços de saúde. É composto por duas unidades: Plano de Assistência Médica e de Saúde denominado AMHISA SAÚDE e uma unidade hospitalar denominada Hospital Ibiapaba, com os seguintes serviços: pronto atendimento, ambulatório de especialidades, internação clínica e cirúrgica e as referências nos serviços de Cardiologia e Oncologia da Região Ampliada de Saúde Centro-Sul de Minas Gerais.

Data de instituição e histórico

O Hospital Ibiapaba S.A., teve sua Assembleia Geral de Constituição realizada em 29 de fevereiro de 1964, por um grupo de médicos que lançou ações ao público em geral no município de Barbacena, MG, sendo aberto ao público após três anos de obras, em 30 de abril de 1967.

Quem somos - Hospital Ibiapaba

Inicialmente constituído por um bloco com 60 leitos disponíveis e uma área construída de 3 mil metros quadrados, o Hospital Ibiapaba S.A. foi pioneiro em transplantes e cirurgias cardíacas na região. Ao longo do tempo, o hospital construiu uma imagem positiva junto à comunidade e foi, reunindo um Corpo Clínico de elevado padrão técnico. Já nos anos 90, o hospital teve suas instalações ampliadas com mais dois blocos, chegando a disponibilizar 115 leitos. Assim, o Hospital Ibiapaba constituiu-se em uma importante empresa privada prestadora de serviços de saúde. Em julho de 2007, como estratégia de sobrevivência, foi arrendado administrativamente e sua gestão passou a ser realizada pelo CEBAMS, Centro Barbacenense de Assistência Médica e Social, instituição filantrópica, com mais de 25 anos de existência.

Descrição do Negócio e Porte

Até a década de 90 o antigo Hospital Ibiapaba S.A, apesar do status de sociedade anônima, tinha uma característica familiar, onde o maior acionista, detendo franca maioria, construiu uma administração personalizada e intuitiva. Com o falecimento desse acionista majoritário, a gestão foi dividida entre seus filhos mas esvaiu-se em conflitos, até que em 2003 foi contratado um consultor externo para prosseguir a gestão da instituição. Tal fato foi marcado pelo insucesso dessa administração levando o Hospital Ibiapaba a contrair altas dívidas, colocando em risco sua continuidade. Foi então, que em 2004, nova administração foi contratada, através da empresa Lastro, Assessoria e Gestão Ltda., sendo proposta uma capitalização para viabilizar a empresa. Em 2005, um grupo de médicos do Corpo Clínico, além dos detentores de serviços terceirizados do Hospital, se reuniram e constituíram a empresa Medinvest Participações em Empresas Ltda., isto para comprarem as ações postas à venda para o aumento de capital, com o que passaram a deter o controle acionário do Hospital Ibiapaba S.A. A gestão passou a ser compartilhada entre a Lastro e um Conselho de Representantes da Medinvest, situação mantida até 2007, quando do arrendamento pelo CEBAMS. O Hospital Ibiapaba/CEBAMS atua como referência em alta complexidade, em oncologia, desde 1992, com o atendimento de mais de 400 pacientes/mês. Em 05 de outubro de 2005, foi publicada a Portaria do Ministério da Saúde que credenciou a Unidade de Alta Complexidade Cardiológica do Hospital Ibiapaba como referência macrorregional, atingindo uma população estimada em 750 mil pessoas em 51 cidades da região centro-sul de Minas Gerais. Atualmente, a área física do hospital é superior a 7.200 m2, com 115 leitos e 454 colaboradores diretos.

Diretrizes Organizacionais

O Hospital Ibiapaba/CEBAMS preocupa-se em oferecer um serviço de saúde com qualidade e por isso traça anualmente metas em seu planejamento estratégico para poder alcançar a satisfação de seus clientes. Entendemos como clientes todas as partes interessadas que de forma direta ou indiretamente se relacionam com nossos processos e buscam o mesmo objetivo comum.

As metas do Hospital Ibiapaba/CEBAMS são ancoradas nas seguintes diretrizes organizacionais:


Missão:

Prestar Serviços de Saúde com segurança, tecnologia, inovação e qualificação profissional, visando a satisfação das partes interessadas.


Visão:

Ser uma empresa sólida atendendo as partes interessadas, com uma gestão ancorada em processos de busca de qualidade e segurança, atuando como pólo de capacitação regional e consolidando-se como Centro de Referência em Alta Complexidade da Região Ampliada de Saúde até o ano de 2020.


Valores e Políticas:

  • Ética: nossa postura profissional reforça os princípios éticos e morais da nossa tradição, primando pelo respeito, discrição e humanização.
  • Honradez: cumprimos com os nossos compromissos.
  • Custo: manteremos em níveis adequados à sustentabilidade financeira.
  • Cliente: atendimento humanizado com agilidade, discrição, eficácia e segurança buscando a satisfação dos clientes.
  • Filantropia: compromisso à responsabilidade social dentro das normas estabelecidas.
  • Criatividade: soluções criativas e inovadoras.
  • Equipe: trabalhamos em conjunto como sinal de inteligência e confiança nos outros e em nós mesmos.

POLÍTICA DA QUALIDADE

Objetivo:

Comprometer e envolver as partes interessadas pertinentes no desempenho dos processos de qualidade e segurança, promovendo a melhoria contínua na instituição.

Diretrizes:

  • Auditorias Internas objetivando evidenciar a aplicabilidade e efetividade da metodologia definida e identificar possíveis oportunidades de melhoria.
  • Analisar causas aplicando ferramentas da qualidade identificando a causa raiz dos problemas e implementando as soluções mais adequadas.
  • Controlar os documentos mantendo a disponibilidade, integridade e segurança das informações institucionais.
  • Monitorar indicadores objetivando acompanhar e melhorar o desempenho dos processos e dos resultados institucionais.
  • Normatizar protocolos como forma de padronizar as condutas institucionais.
  • Identificar, reduzir e controlar os riscos organizacionais visando segurança, melhoria e efetividade dos processos institucionais.
  • Mapear os processos identificando as entradas, atividades e saídas com o objetivo de alinhar a cadeia de processos as estratégias institucionais, promovendo melhorias contínuas.


POLÍTICA DE SEGURANÇA DO PACIENTE

Objetivo:

Identificar, reduzir e controlar os riscos organizacionais visando segurança, melhoria e efetividade dos processos institucionais.

Diretrizes:

  • Informar ao paciente e ou acompanhante a proposta do tratamento e os riscos iminentes.
  • Capacitar, desenvolver e envolver colaboradores e médicos para a cultura da segurança.
  • Promover conscientização para pacientes e acompanhantes quanto a importância da sua segurança na instituição.
  • Identificar, monitorar, tratar os incidentes, e os never events conforme diretrizes do do Núcleo de Segurança do paciente.
  • Implementar e controlar os protocolos de segurança do paciente como forma de prevenir, minimizar incidentes e never events dentro da instituição.


POLÍTICA DE GESTÃO AMBIENTAL

Objetivo:

Prevenir o meio ambiente dos danos causados pelos resíduos sólidos de saúde gerados no Hospital Ibiapaba – CEBAMS.

Diretrizes:

  • Controlar a produção de resíduos através dos hábitos de consumo.
  • Segregar os resíduos de forma organizada.
  • Descartar cada resíduo em embalagens de acordo com suas características.
  • Tratar de forma correta cada resíduo para diminuir o risco de contaminação e/ou acidentes.
  • Preservar o meio ambiente e prevenir a poluição.


POLÍTICA DE GESTÃO DA TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO

Objetivo:

A política da Tecnologia da Informação do Centro Barbacenense de Assistência Médica e Social tem como objetivo estabelecer as diretrizes da Política de Segurança da Informação do CEBAMS, com observância dos princípios da integridade, da confidencialidade e da disponibilidade.

Diretrizes:

  • Assegurar o acesso à informação a todas as partes interessadas, de acordo com seu nível organizacional;
  • Direcionar adequadamente a informação respeitando o sigilo e público-alvo;
  • Certificar que a informação seja confiável para a tomada de decisão;
  • Disponibilizar a informação de forma oportuna, adequada e direcionada ao(s) público(s) alvo;
  • Assegurar a integridade dos registros com utilização de fonte reconhecida, autorizada e atualizada;
  • Atender as demandas vinculadas a Tecnologia da Informação;
  • Validar os projetos, serviços e manutenções executados como forma de garantir o uso adequado do sistema;
  • Viabilizar as melhores soluções em sistemas integrados considerando a estrutura organizacional.


POLÍTICA DE COMUNICAÇÃO

Objetivo:

A Política de Comunicação Institucional da Unidade Hospitalar Ibiapaba, do Centro Barbacenense de Assistência Médica e Social (CEBAMS), tem como objetivo promover e orientar os relacionamentos das partes interessadas, buscando envolvê-las na melhoria do desempenho institucional.

Diretrizes:

  • Clientes comunicar com os pacientes, acompanhantes e Corpo Clínico, de forma ampla e clara, o conjunto de princípios, valores, posturas e diretrizes, em consonância com as estratégias institucionais;
  • Envolver a sociedade, os colaboradores, os médicos e os serviços terceiros no cumprimento dos princípios, valores, posturas e diretrizes definidos pela Instituição, objetivando o êxito das estratégias institucionais;
  • Divulgar as ações institucionais, objetivando manter a imagem positiva da instituição perante as partes interessadas pertinentes, reforçando sua identidade, reputação e reconhecimento como organização de referência na Assistência Segura à Saúde;
  • Comunicar com as partes interessadas pertinentes, de acordo com os veículos adequados ao público-alvo;
  • Difundir o Plano de Comunicação nos Momentos em Crise de forma institucional, com o objetivo de preservar a segurança do paciente e a imagem da instituição;
  • Ética na preservação das informações institucionais que envolvam quaisquer partes interessadas.


POLÍTICA DE QUALIFICAÇÃO DE FORNECEDORES

Objetivo:

A política da qualificação de fornecedores do Centro Barbacenense de Assistência Médica e Social tem como objetivo estabelecer requisitos que viabilizem o estabelecimento de relação de confiança com os fornecedores de insumos e prestadores de serviços, para se obter a segurança de que seus produtos e serviços sejam de qualidade, a fim de não trazer prejuízos à qualidade e continuidade da assistência aos pacientes.

Diretrizes:

  • Contratar fornecedores e prestadores de serviços capacitados e habilitados a apoiar o processo de assistência segura ao paciente.
  • Ética Estabelecer relações com fornecedores e prestadores de serviços que mantenham comportamento ético e responsabilidade social, apoiando as diretrizes organizacionais.
  • Qualificação Evidenciar que os fornecedores de produtos e serviços atendem aos requisitos necessários que se referem à assistência segura ao paciente.
  • Avaliar o cumprimento dos requisitos necessários à assistência segura ao paciente
  • Custo Buscar fornecedores que representem melhor custo-benefício, mantendo qualidade e a saúde financeira da Instituição.
  • Negociação Fornecedores que atendam as necessidades da empresa quanto a prazo de pagamento e prazo de entrega.


POLÍTICA DE GESTÃO DE CUSTOS

Objetivo:

A política da Gestão de Custos do Centro Barbacenense de Assistência Médica e Social tem como objetivo reduzir os custos da instituição provendo recursos que serão aplicados no atendimento seguro aos pacientes, buscando atender as necessidades e expectativas das partes interessadas.

Diretrizes:

  • Padronizar os processos e capacitar os profissionais, orientando-os na execução de suas atividades, com foco na redução dos custos;
  • Faturamento e Glosas buscar executar de maneira eficiente os atendimentos com foco nas necessidades e expectativas dos clientes, reduzindo o ciclo econômico, operacional e financeiro da instituição;
  • Fluxo de caixa alocar os recursos financeiros como forma de proporcionar a execução das atividades institucionais;
  • Orçamento estabelecer metas e acompanhar o desempenho e os resultados promovidos de acordo com as estratégias institucionais;
  • Custo gerenciar a eficiência dos processos, buscando reduzir os custos institucionais;
  • Estoque gerenciar contratos, buscando estabelecer a quantidade de estoque adequado para suprir nossas necessidades de consumo e margem de preço adequada à sustentabilidade da Instituição;
  • Recursos buscar junto aos órgãos públicos e privados recursos, incentivos, programas, subvenções, descontos e atualização de valores que ajudarão a proporcionar a amplitude dos atendimentos realizados na Instituição;
  • Patrimônio prover a manutenção de processos que permitam a funcionalidade institucional, mantendo infraestrutura adequada à assistência segura ao paciente.


POLÍTICA DA GESTÃO DE PESSOAS

Objetivo:

Recrutar, selecionar, contratar, dimensionar e desenvolver pessoas de acordo com as competências do cargo alinhadas as estratégias da Instituição.

Diretrizes:

  • Recrutar colaboradores de acordo com as competências necessárias de cada cargo.
  • Selecionar e contratar colaboradores de acordo com as competências do cargo.
  • Capacitar e desenvolver colaboradores para o exercício da função.
  • Sinalizar e desenvolver os colaboradores de acordo com a competências necessárias do cargo.
  • Dimensionar colaboradores de acordo com a produtividade dos setores.
  • Reter e promover identificando os talentos, valorizando as pessoas e motivando os colaboradores.
  • Monitorar o clima organizacional.
  • Oferecer oportunidades de capacitação profissional para a sociedade.
  • Acompanhar e monitorar o aprendizado dos colaboradores na introdução da cultura organizacional.


Histórico da Excelência

Na busca pela Excelência o Hospital Ibiapaba/CEBAMS conquistou da Faixa Prata, do Prêmio Regional da Qualidade, em 2010, além do Diagnóstico ONA recebido também neste ano. Em 2011 conquistou a Faixa Ouro do Prêmio Regional da Qualidade. Em 2012 implementou-se a metodologia Lean*(Pensamento enxuto) em seus processos sendo premiado na III Convenção Brasileira de Lean. Em 2013 foi reconhecido na Faixa Bronze do Prêmio Mineiro da Qualidade e também premiado pela IV Convenção Brasileira Lean.

Quem é Quem

CEBAMS – Centro Barbacenense de Assistência Médica e Social

  • Diretor presidente: Dr. Osmar de Araújo Bello
  • Diretor Secretário: Dr. José Chartuni Teixeira
  • Diretor Tesoureiro: Dr. Antônio Carlos Jorge Miziara
  • Diretor Clínico: Dr. Antônio Carlos Russo

CONSELHO FISCAL

Membros Efetivos

  • Dr. Carlos Emílio Romanholo
  • Drª. Marceli Faraj
  • Dr. José Eugênio Dutra Câmara Filho

Membros Suplentes

  • Dr. Renato Mauro de Paiva Oliveira
  • Dr. Rafael de Castro Ferreira
  • Dr. José Geraldo Coutinho

CONSELHO DE APOIO ADMINISTRATIVO

  • Dr. Daniel Furtado Vidigal
  • Dr. Giancarlo Rabelo e Silva;
  • Dr. Henrique Telles Gontijo;
  • Dr. José Chartuni Teixeira;
  • Dr. José Roberto da Conceição;
  • Dr. Luciano Abdallah Ferreira;
  • Dra. Marceli Faraj;
  • Dra. Maristela Márcia Meneghin;
  • Dr. Paulo Roberto Ernesto Frossard

Unidade Hospitalar Ibiapaba

  • Almoxarifado: Viviane Rodrigues Mota Costa - almoxarifado@ibiapaba.com.br
  • Ambulatório de Especialidades do CEBAMS: Lilian de Oliveira Abrantes
  • Assessoria da Direção: Valéria Ladeira T. Nascimento
  • Assessoria de Qualidade: Géssica de Fátima Muniz – qualidade@ibiapaba.com.br
  • Auditoria de Contas: Monick Leandra Simões Machado Salin
  • Centro de Estudos/COREME: Ailamara Adriana de Oliveira - centrodeestudos@ibiapaba.com.br
  • Compras/Logística: Viviane Rodrigues Mota Costa - compras@ibiapaba.com.br
  • Comunicação Social: Ricardo Matos de Araújo Rios - comunicacao@ibiapaba.com.br
  • Controladoria/Contabilidade/Patrimônio: Ângela Carvalho C. Costa
  • Departamento Pessoal: Ariane Seixas Lopes
  • Engenharia Clínica: Vinícius Januário Gomes Oliveira - engenhariaclinica@ibiapaba.com.br
  • Farmácia: Danielle dos Santos Lima - farmacia@ibiapaba.com.br
  • Faturamento: Fernanda Maria Rodrigues Oliveira - faturamento@ibiapaba.com.br
  • Filantropia: Maria Aparecida M. Fonseca - filantropia@ibiapaba.com.br
  • Fisioterapia: Vivian Maria Siqueira Machado
  • Gestão de Leitos: Durciley Dias
  • Gestão de Pessoas: Eliane Miranda Amaral Silva - psicologiarh@ibiapaba.com.br
  • Gerência de Campo: Waldir Damasceno – gerenciadecampo@ibiapaba.com.br
  • Higiene e Limpeza: Wagner Teles dos Santos - hotelaria@ibiapaba.com.br
  • Lavanderia: Luciana Correia - lavanderia@ibiapaba.com.br
  • Manutenção: Vinícius Oliveira/Waldir Damasceno/Wagner Teles - manutencao@ibiapba.com.br
  • Ouvidoria: Thais Bianca da Silva Gabriel – ouvidoria@ibiapaba.com.br
  • Psicologia Hospitalar: Elayne Muniz da Silva - psicologiaclinica@ibiapaba.com.br
  • Qualidade: Carla Andresa Rodrigues da Costa – qualidade@ibiapaba.com.br
  • Recepção: Cristiane Moreira - recepcao@ibiapaba.com.br
  • Serviço de Assistência Social: Lucas Almeida - servicosocial@ibiapaba.com.br
  • Serviço de Arquivo Médico (SAME): Cristiane Moreira - arquivo@ibiapaba.com.br
  • Serviço de Medicina do Trabalho: Hérika Aparecida Nascimento - segurancadotrabalho@ibiapaba.com.br
  • Serviço de Nutrição e Dietética: Cibele Moreira de Paiva Pereira - snd@ibiapaba.com.br
  • Tecnologia da Informação: Wagner Candian - tecnologia@ibiapaba.com.br
  • Supervisão de Enfermagem: Vinícius Henrique Ribeiro - gerenciart@ibiapaba.com.br
  • Serviço de Controle de Infecção Hospitalar: Daniel Mendes Azalim/Herbert Fernandes - ccih@ibiapaba.com.br
  • OPME: Thaiane Seixas Lopes
  • Agência Transfusional (AGT): Josyanne Martins Dantas/Marcelo Dias
  • Centro de Esterilização: Erica Alexandre Costa - cme@ibiapaba.com.br
  • Cardiologia: Ariane Laura Matos Martins
  • Centro Cirúrgico: Cláudia Guilherme Fagundes
  • Centro de Terapia Intensiva - CTI: Camila Vespoli
  • Internação Clínica: Ariane Laura Matos Martins
  • Emergência: Rafael Pimentel/Franceska Matos/Marceli Faraj
  • Gestão Clínica: Luyara Aparecida Aprígio Gava
  • Hemodinâmica: Lorena Cardoso/José Eduardo Salin/Giancarlo Rabelo
  • Oncologia: Ângela Goulart/Samantha Almeida/Antônio Miziara
  • Serviço de Apoio, Diagnóstico e Terapêutica (SADT): TBA
  • Diretor Hospitalar: Aguinaldo Corrêa

Localização

O Hospital Ibiapaba/CEBAMS está localizado na área central de Barbacena.

Os principais acessos ao hospital

  • Av. Dr. Jayme do Rego Macedo
  • Av. Pereira Teixeira e
  • Rua Silva Jardim.

Defronte ao hospital, o Ponto de Táxi 09 atende de 8 às 18h. Tel.: (032) 3331-2454

Copyright © 2021 Hospital Ibiapaba. Todos os Direitos Reservados.

Verticis Web Studio - Agência digital