Meta para a saúde em 2015

Faça sua doação

Hospital Ibiapaba/CEBAMS adota o “Programa Ambientes Livres de Tabaco” do MS

A Lei é clara: é proibido fumar em locais coletivos fechados – o que, diretamente estão incluído os hospitais. Mas algumas instituições de saúde, incluindo-se agora o Hospital Ibiapaba/CEBAMS, estão indo além, transformando todos os seus espaços em ambientes livre de tabaco.

Em 2014 a Instituição deu início a processo de implantação de novas diretrizes, e em breve não será mais permitido fumar até mesmo nas áreas abertas, como jardins e estacionamentos. 

É uma iniciativa difícil para alguns pacientes e visitantes fumantes que permanecem na instituição por algumas horas ou até por um período maior, porém, em sua grande maioria é bem aceita. 

Existem inúmeros desafios que precisarão ser superados para transformar o objetivo de um ambiente livre de tabaco em realidade, mas o processo foi criteriosamente planejado e está sendo acompanhado pela Secretaria Municipal de Saúde Pública através da Referência Técnica do Sistema de Informação de Mortalidade, Investigação de óbito, Tabagismo e Violência da Vigilância Epidemiológica.

O “Programa Ambientes Livres de Tabaco” adotado pelo CEBAMS sistematiza ações e envolve o desenvolvimento de  estratégias para tornar o comportamento de fumar da instituição,  socialmente indesejado. Além disso o programa visa despertar o espírito de colaboração entre os trabalhadores fumantes e não fumantes num clima de respeito e compreensão para com os  fumantes, visto que fumar não é apenas uma opção de comportamento e sim uma dependência à uma droga, a nicotina.

A intervenção proposta pelo programa é dividida em três níveis de ações que acontecerão de forma contínua e simultânea: intervenção educativa e de comunicação;  intervenção normativa/organizacional e, por final, a  intervenção na estrutura física.

De acordo com a SESAP está apoiando a iniciativa, orientando e fornecendo orientação para que a iniciativa se torne realidade, sendo que o Hospital Ibiapaba/ CEBAMS é a primeira instituição hospitalar, em Barbacena, que procurou a secretaria para implantação do Programa.

TABAGISMO EM NÚMEROS

  • 200 mil mortes por ano no Brasil (23 pessoas por hora)
  • 25% das mortes causadas por doença coronariana (angina e infarto do miocárdio);
  • 45% das mortes por infarto agudo do miocárdio na faixa etária abaixo de 65 anos;
  • 85% das mortes causadas por bronquite crônica e enfisema pulmonar (doença pulmonar obstrutiva crônica);
  • 90% dos casos de câncer no pulmão (entre os 10% restantes, 1/3 é de fumantes passivos);
  • 25% das doenças vasculares (entre elas, derrame cerebral)
  • 30% das mortes decorrentes de outros tipos de câncer (de boa, laringe, faringe, esôfago, estômago, pâncreas, fígado, rim, bexiga, colo de útero, leucemia.

Mais matérias para você ler

Hospital Ibiapaba CEBAMS aprimora serviços de endoscopia alta e baixa e reduz fila de espera por exames

No último dia 6 de maio, o novo Serviço de Colonoscopia do Hospital Ibiapaba CEBAMS…

Leia agora

Parceria entre Oratório (Salesianas) e Hospital Ibiapaba/CEBAMS beneficia Projeto Social

Quais as possibilidades de reutilização de uma garrafa plástica? A maioria das pessoas certamente a…

Leia agora

Hospital Ibiapaba CEBAMS faz cirurgias neurológicas minimamente invasivas

Uma das demandas mais antigas da população de Barbacena e região agora é realidade no…

Leia agora